quinta-feira, 6 de novembro de 2008

"Tenha sempre presente que (...)"


"(...) a pele se enruga,
o cabelo enbranquece, os dias convertem-se em anos...
Mas o que é importante não muda;
a tua força e convicção não tem idade.

Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida.
Atrás de cada conquista, vem um novo desafio.
Enquanto estiveres vivo, sente-te vivo.

Se sentes saudades do que fazias, volta a fazê-lo.
Não vivas de fotografias amarelecidas...
Continua, quando todos esperam que desistas.

Não deixes que enferruje o ferro que existe em ti.
Faz com que em vez de pena, te tenham respeito.
Quando não consigas correr através dos anos trota.
Quando não consigas trotar, caminha.
Quando não consigas caminhar, usa uma bengala.
Mas nunca te detenhas."

(Madre Teresa de Calcutá)


Fotografias tiradas no Monte de Nossa Senhora da Lapa (mais conhecido por "Capelinhas") - Vila Flor

4 comentários:

O Profeta disse...

Engraçado...vivo segundo as tuas palavras...


Doce beijo

AA disse...

Espero também conseguir seguir sempre estas sábias palavras de Madre Teresa de Calcutá...:)

Valentim Coelho disse...

Ola Alexandrina,
tenho andado um pouco ausente da blogosfera, pois tenho o meu pc a arranjar. mas não deixo de visitar sempre que posso, as tuas postagens.
gosto muito das fotos. a nossa região é mesmo linda.
beijos
bom fim de semana

mundo azul disse...

Maravilhosa a poesia de Madre Teresa!!! Ela era sábia em suas colocações...

Você deu-lhe um colorido especial com a imagem!

Beijos de luz e o meu carinho...