quarta-feira, 22 de outubro de 2008

"Sê..."


"Se não puderes ser um pinheiro, no topo de uma colina,
Sê um arbusto no vale mas sê
O melhor arbusto à margem do regato.
Sê um ramo, se não puderes ser uma árvore.
Se não puderes ser um ramo, sê um pouco de relva
E dá alegria a algum caminho.

Se não puderes ser uma estrada,
Sê apenas uma senda,
Se não puderes ser o Sol, sê uma estrela.
Não é pelo tamanho que terás êxito ou fracasso...
Mas sê o melhor no que quer que sejas."

(Pablo Neruda)

9 comentários:

Cláudia Felizardo disse...

Realmente não é pelo nosso tamanho que nos distinguimos por entre as multidões, mas sim pelo tamanho dos nossos actos e acções.
Bjs

AA disse...

Concordo inteiramente contigo e o importante mesmo é sermos nós próprios e tentarmos melhorar todos os dias da nossa vida...
Beijos,

AA

Kostas disse...

Marvellous blog with beautiful photographs!
Congratulations

AA disse...

Hello "Kostas", thanks for the comment and welcome to the eyes loose...

AA

euroluso disse...

Adoro montanhas, não fosse eu nativo de trás-dos-montes, mas o que me encantou verdadeiramente foi o poema de Pablo Neruda. Feliz casamento!

KOSTAS disse...

Marvellous landscape with very graphic village, each house and a enormous green courtyard!

Fernando Rodrigues disse...

Muito bonito o teu Blog, parabéns.
Bjus

Fernando

AA disse...

Olá "Euroluso" e Fernando Rodrigues, bem vindos ao olhares soltos e obrigado pelos comentários...

AA

Anónimo disse...

Le plus triste de tout, c'est quand nous voulons être
qui nous ne sommes pas,et dans cette recherche, notre identité est perdu...
Je suis seulement moi, e je suis très heureuse.
Ennuyeux