domingo, 14 de março de 2010

"O pensamento tem poder infinito..."

"...Ele mexe com o destino, acompanha a tua vontade.
Ao esperar o melhor, crias uma expectativa positiva que detona o processo de vitória.
Ser optimista é ser perseverante, é ter uma fé inabalável e uma certeza sem limites de que tudo vai resultar.
Ao nascer o sentimento de entusiasmo, o universo aplaude tal iniciativa e conspira a teu favor, colocando-o ao serviço da humanidade.
Tu é que escreves a história da tua vida - ao optar pelas atitudes construtivas - cresces como ser humano Positivo atrai positivo. Alegria chama alegria.
Ao exalar esse estado optimista, a nossa consciência desperta energias vitais que vão trabalhar na direcção das tuas metas.
Sê incansavelmente optimista. Faz bem para o corpo, para a mente e para a alma.
É humano e natural viver aflições, só não é inteligente conviver com elas por muito tempo.
Sê mais paciente contigo mesmo. Entende as tuas limitações. Sem esforço não existe vitória.
Ao escolher com sabedoria viver a tua vida com optimismo, o teu coração sorri, os teus olhos brilham e a humanidade agradece por existires."

(Pablo Neruda)

14 comentários:

R.Ferrari disse...

Uma bela foto. Qualifica pela posição da luz.

Transmontana disse...

Lindo texto do grande Pablo Neruda!
Vou tentar aprender com ele a mudar os meus pensamentos diários, pois bem preciso...
Parabéns pela escolha do texto e pela bonita foto!

Tenha um bom domingo!
Beijinhos
Anita

Leonel disse...

Que bonito momento este; a fotografia está linda; a natureza tem momentos destes que só um olhar atento e poético pode captar.

Vagamundos disse...

Muito bem ilustrado este belo texto de Pablo Neruda!
Boa semana!
Bjs

Andreia Dias disse...

Imagem belíssima e este texto a acompanhar ficou demais... Parabéns

Beijinho
Andreia

Valentim Coelho disse...

Olá Alexandrina,
aqui está um escritor que ainda não li. Mas a avaliar por este texto parece ter algo interessante para ler.
A foto está bem conseguida.
Beijinhos e boa semana!

Pixel disse...

Não sou muito de textos!!
Mas pelas imagens encontro motivos suficientes para voltar sempre!!!

Muito bem controlada, a luz, nesta linda foto!!!

Até breve.

Jorge Freitas Soares disse...

Olá

A fotografia é fantástica, pena que no blog apareça tão pequena...,

Vou levar o poema emprestado... :-)

Boa semana
Jorge

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Alexandrina, bela fotografia...belo texto de Pablo Neruda...Espectacular....
Beijos

anf disse...

Foto linda,
relativamente ao texto,
parece tão fácil, afinal onde é que eu falho?

Remus disse...

Um contra-luz muito bem conseguido.
Bom equilibro de luminosidade e de cores.
Se calhar em termos estéticos não precisava de uma "margem negra" tão grande em baixo, mas essa é uma questão de gosto individual.
Parabéns.

Andréa Amaral disse...

Parece que vc postou este texto pra mim... calou fundo no meu peito.

Hellag disse...

Está belíssima a foto e o texto, então... :)

linda lourenco disse...

O vento não falará mais gentilmente aos gigantescos carvalhos que à mais pequena folha de erva.

«Kalhil Gibran»

(Deixo aqui o recado)Porque só agora li com atenção o texto que escolheste
com essa foto que acompanha lindamente as palavras.

Amiga do ambiente,Fadinha das flores,a alma dos teus olhares soltos ou não,são bem preciosos ao nossos olhos :)
há novidades em fotografando despertando.Espero que gosta.
Beijinhos.

Linda.