terça-feira, 10 de novembro de 2009

"Vento que passas..."

"Vento que passas, leva-me contigo.
Sou poeira também, folha de outono.

Rês tresmalhada que não quer abrigo
No calor do redil de nenhum dono.

Leva-me, e livre deixa-me cair
No deserto de todas as lembranças,
Onde eu possa dormir
Como no limbo dormem as crianças."

Miguel Torga, Diário, Vol.V, 1951

20 comentários:

Transmontana disse...

Lindo o poema e lindas as fotos!
Cada vez me surpreende mais com a sensibilidade que demonstra nos seus trabalhos!
Boa tarde!
Anita

Vagamundos disse...

Um lindo poema do Miguel Torga. E excelentemente ilustrado. Adoramos a combinação.
Bjs

prosasdeoutono disse...

Olá Amiga

Apesar de ser a côr do outono, tuas fotos parecem ter vida.

Beijinhos
Alex

O Profeta disse...

Não sei quem vence!
Não sei quem leva a melhor
Só sei que um sorriso teu
Fez desabrochar das pedra uma flor

Com ela teci um tapete
Engalanei a sombra dos teus passos
Escrevi um derradeiro pedido numa pétala
Rogando a infinita ternura dos teus abraços



Doce beijo

Jorge Freitas Soares disse...

Este tipo de imagens enche-me as medidas, tu e eu temos mesmo gostos parecidos....

FANTÁSTICAS... mesmo!

Jorge

Unseen Rajasthan disse...

Beautiful and lovely shot !! This is so nice !!

Unseen Rajasthan disse...

Hello !! I Would like to pass Unseen Rajasthan Award to you !! Just go to my blog and collect the Unseen Rajasthan Award from the right hand side bar of Blog.You Deserve the award for the beautiful photos and words !!1

aa disse...

Hello, Unseen Rajasthan!
Thank you for the award!

Helena Paixão disse...

Delicadeza, beleza e sensibilidade nestas duas fotos-poesia.

Bjocas grandes Alex!

ruimnm disse...

Bonitas cores e luz, a minha preferida é a primeira.

Valentim Coelho disse...

Olá Alexndrina,
ficaste cativada por Miguel Torga :))

Beijos,

Bom fim de semana

Remus disse...

Excelentes cores e controlo da profundidade de campo.
Fiquei completamente rendido.
Parabéns.

oscarito disse...

Às vezes não é fácil dizer-se do que gostamos mais.
O teu blog, no que mostras e como o fazes, é um desses casos.
São fotos muito belas, com textos igualmente belos.
Claro que está tudo nos olhos de quem vê!
Eu também só refiro o que vejo!
Bj.

ps: "conheço-te" porque fui ao "Momentos e olhares" do Jorge e decidi visitar-te e deixar este "OLÁ!

aa disse...

A todos,
o meu muito obrigado pela visita e pelos comentários deixados...


Olá 'oscarito',
muito bem vindo ao 'olhares soltos...' e muito obrigado pelas palavras...

Beijos,
AA

Ser em construção disse...

Que ventos possam conduzi-lo
por caminhos nunca antes percorridos, assim como fez comigo.
Trouxe-me até aqui para que olhares soltos pudesses direcionar meu querer.
parabéns pelo blog

Ser em construção disse...

Obrigada pela visita, espero que volte sempre
beijos

Andréa Amaral disse...

Que vento mágico que trás este olhar sensível. Um beijo. Adoro muito sua visão por detrás das lentes.

Lmatta disse...

lindas fotos
beijos

euroluso disse...

E eu deixei-me levar pelo poema escolhido e pelas fotos.Tudo é belo!

theys disse...

Very nice this series of worksheets, beautiful tone bravo