domingo, 10 de agosto de 2008

Rio

Do rio que tudo arrasta
Se diz que é violento
Mas ninguém diz violentas
As margens que o comprimem.
(Bertold Brecht)

2 comentários:

Anónimo disse...

De facto uma foto linda, de um dos sitios mais lindos da zona. gostva de estra la neste momento:)
E para não variar ca fica mais um texto:

Se eu pudesse...
Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amar a vida dos seres humanos.
A consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo tempo a fora.
Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem.
A capacidade de escolher novos rumos.
Deixaria para você se pudesse o respeito àquilo que é indispensável:
Além do pão, o trabalho.
Além do trabalho, a ação.
E,quando tudo mais faltasse, um segredo:
O de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída.

(Mahatma Gandhi)

ass:ohh não!!!

AA disse...

olá, ohh não!!!

Bonito texto este de Gandhi, se eu pudesse...
Veio enriquecer a imagem que coloquei...
Obrigada
Bjs